• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Especialistas criticam novo mapa judiciário por afastar Justiça do cidadão

27/02/2015 00:02

O professor de Direito da Universidade do Minho Marco Gonçalves afirmou que o novo mapa judiciário afastou a Justiça dos cidadãos, apontando como exemplo um casal da Sertã que para se divorciar terá agora de percorrer 136 quilómetros.



O docente falava sobre “O Impacto da Justiça Especializada no Interior do País”, num seminário organizado pela European’s Law Association da Universidade do Minho (ELSA UMinho) para refletir sobre os resultados dos primeiros seis meses da nova reforma judiciária.


No seminário, participou também o presidente da Delegação da Ordem dos Advogados de Braga, António Barbosa, que referiu que naquela comarca, após a entrada em vigor da reforma, as execuções ficaram concentradas em Famalicão e Guimarães, tendo o primeiro recebido logo “à cabeça” 42 mil processos e o segundo 38 mil.

mapa do site

2010 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: New-Consulting