• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Ministério da Cultura vai continuar a apoiar a Bienal de Arte de Cerveira

16/07/2017 09:57

Luís Filipe de Castro Mendes frisou mesmo que “Vila Nova de Cerveira é um bom paradigma daquilo que se pode fazer, num concelho com dimensão transfronteiriça. Prezamos o que s e faz em Cerveira”,
O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Fernando Nogueira considerou que a Bienal “tem uma importância vital para Vila ova de Cerveira. Temos uma bienal que honra o passado.

O autarca cerveirense, que é também presidente da Fundação Bienal de Cerveira, entidade que organiza o evento. lembrou que organizar um encontro como este “foi uma ousadia” em termos de descentralização da cultura.

O ponto alto da sessão de abertura foi a homenagem a Paula Rego, artista portuguesa que esteve presente na primeira edição há cerca de 40 anos, ao fundador da Bienal, Jaime Azinheira e ao artista Ernesto de Sousa.

Em exposição, em diferentes pontos da vila, estão cerca de 600 obras de arte, feitas por 500 participantes vindos de 35 países.

A sessão incluiu ainda a entrega de prémios a vários artistas presentes na edição anterior. O Prémio Revelação do Instituto Português do Desporto e Juventude foi entregue a Inês Norton.
A Bienal decorre até 16 de Setembro e inclui o Concurso Internacional do Castelo , com a presença de 300 artistas vindos de 31 países. “O concurso internacional que decorre no âmbito das Bienais decorre no Castelo de Vila Nova de Cerveira que é uma obra de arte que merece ser referenciada. Lá estarão 206 peças”, anunciou o autarca cerveirense.

Na próxima semana vai ser inaugurada a oitava Bienal de Jovens Criadores da Comunidade de Países de Língua Portuguesa. “É o reconhecimento do Governo à Bienal de Vila Nova de Cerveira”, considerou Fernando Nogueira Estarão presentes 250 participantes.

mapa do site

2010 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: New-Consulting