• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

INL desenvolve novo agente de contraste que melhora resultados de imagiologia

21/03/2018 00:02

Um grupo de investigadores do INL - Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia que está instalado em Braga desenvolve um novo agente de contraste para imagiologia por ressonância magnética que abre portas à deteção precoce de tumores, anunciou a instituição.

Em comunicado o INL explica que se trata de nanoestruturas inovadoras baseadas em óxidos de manganês tendo sido escolhido o manganês, um metal, pelas suas propriedades magnéticas, que permitem ao agente de contraste para imagiologia por ressonância magnética ser ativado como resposta a um estímulo interno fornecido pelas células tumorais, e assim intensificar o sinal no decurso da ressonância magnética.


No comunicado, a instituição sediada em Braga salienta que este novo agente de contraste abre as portas à deteção precoce de tumores ao ampliar o sinal até 140 vezes.


O projeto está a ser desenvolvido há mais de dois anos no INL, contando com a colaboração do Centro Singular de Investigación en Química Biológica y Materiales Moleculares da Universidade de Santiago de Compostela e do Departamento de Física da Universidade do Minho.