• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Parlamento lamenta morte do músico Ricardo Camacho

06/07/2018 13:57

A Assembleia da República aprovou hoje por unanimidade um voto de pesar pela morte do músico e ativista Ricardo Camacho, antigo membro da banda Sétima Legião, apresentado pelo PSD.

O também investigador português morreu na quarta-feira aos 64 anos, na Bélgica, onde fazia trabalho de pesquisa científica no Rega Institute for Medical Research, em Leuven.

O texto aprovado no parlamento destacava ainda a ação de Camacho como ativista em questões relacionadas com a problemática VIH/SIDA.

Especialista em virologia clínica, Ricardo Camacho foi teclista da Sétima Legião, grupo formado na década de 1980 e do qual fez parte praticamente desde o início.