• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Vizela teme que CTT estejam a preparar encerramento na cidade

19/07/2018 15:42

A Câmara de Vizela receia que os CTT se estejam a preparar para encerrar naquela cidade, preocupação que já foi comunicada à administração da empresa e ao primeiro-ministro, disse hoje à Lusa o presidente da autarquia.

Para Vítor Hugo Salgado, as medidas adotadas consubstanciam uma manifesta e constante redução dos serviços prestados, com a forte possibilidade de, atendendo à metodologia adotada noutras localidades, aquela empresa se encontrar a preparar o encerramento da referida estação dos CTT, em total prejuízo das populações e das empresas do concelho.

O presidente afirma ser incompreensível para o município a forma como a empresa tem gerido os serviços prestados no concelho, em especial pela alteração do centro de distribuição de correspondência da estação dos CTT de Vizela para uma estação do concelho de Guimarães, originando, desta forma, sucessivos e reiterados atrasos na distribuição da correspondência.

O autarca acrescenta que em junho foi anunciado pelos CTT, sem qualquer consulta à câmara municipal, que determinados serviços, nomeadamente entrega de correspondência registada, passariam a ser efetuados num quiosque existente no concelho.

Vítor Hugo Salgado alerta que, não obstante a medida ter sido anunciada pela empresa como um complemento ao serviço prestado pela estação dos CTT da cidade, verifica-se atualmente que o serviço de levantamento de correspondência registada já não é prestado naquela estação, com os utentes a ser encaminhados para o referido quiosque.

A Câmara de Vizela entende que os CTT, enquanto empresa concessionária de um serviço público, não pode, por questões de mera gestão empresarial, diminuir injustificadamente a prestação de um serviço público, assim como a respetiva qualidade ou, pura e simplesmente, deixar de prestar os respetivos serviços às populações e empresas do concelho de Vizela.

Vítor Hugo Salgado sublinhou, por outro lado, ter sido solicitado ao Governo, que sejam tomadas as medidas necessárias junto dos CTT, no sentido de obstar ao encerramento da estação de Vizela.

O município de Vizela fará tudo o que estiver ao seu alcance para impedir o encerramento da estação dos CTT de Vizela, na defesa dos seus interesses do concelho, reforçou o autarca.