• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa


A Música do Dia da Rádio Antena Minho: Pedro Barroso - Palavras ao Vento


Que dizer-vos? Que este é um disco de um velho combatente.
Lutou pela Democracia e pela Liberdade; sempre contra a Ditadura, em tempos de negrume, analfabetismo, perfídia e acidez.
Arriscou opinião, e, andando em bando com o Zeca, o Adriano e tantos outros, pertenceu a uma geração de coragem que nos fez descobrir Abril como mês da liberdade, do sonho e da utopia. Tornou-se um autor consagrado, respeitado e isento.
Hoje quarenta e cinco anos depois - e tantos companheiros desaparecidos - não admira que, nele, uma velha e indelével chama ainda resista, fabricando em seu peito novas e indesejadas causas. Inquieto e inconformado, este eterno enfant terrible, misto de contador de histórias e de trovador sem idade, regressa com estas "Palavras ao vento". Interveniente como não o víamos há muito tempo, mas nunca perdendo a sensibilidade humana de sempre, a dignidade, o poder de observação.
De facto, ao ouvirmos este disco, sentimos que esses quarenta e tal anos não passaram. O tempo apenas lhe dá mais autoridade e ensinamento.
Resta-nos ouvir o homem que nunca se vendeu, nem venderá, nesta feira de sabores ao gosto, quantas vezes, da efemeridade, das audiências, da cupidez e do mau gosto.
A Editora Ovação tem pois, uma vez mais, a honra de apresentar um produto que, mais que um disco, é um marco na opinião; uma pedrada no presente e no futuro; um acto de Liberdade maior. Esperado pelos seus indefectiveis. Esperado por todos nós.
Pedro Barroso atira-nos estas palavras ao vento. Colhamo-las, avidamente. O velho trovador está vivo e recomenda-se.





Todos



mapa do site

2010 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: New-Consulting